» “Também queria te dizer”. O novo monólogo de Emilio Orciollo Netto

“Também queria te dizer”. O novo monólogo de Emilio Orciollo Netto

“Também queria te dizer”. O novo monólogo de Emilio Orciollo Netto

“Também queria te dizer” fala sobre as relações entre homens e mulheres, pais e filhos, entre amigos e irmãos, entre chefes e funcionários, entre artistas e a mídia, entre a fé e a lei, entre saúde e doença. Um monólogo que mergulha verticalmente no trabalho do ator e suas possibilidades de atuação. Uma delicada ode às relações humanas e ao ofício do ator. A peça chega aos palcos em novembro.

Midrash Centro Cultural – 10 de novembro de 2012 a 27 de janeiro de 2013

Rua General Venâncio Flores, 184 – Leblon
info.:  (21) 2239-1800
Sábados 21h e Domingos 20h

Ingressos: R$ 50,00 (inteira) | R$ 25,00 (meia)

Sinopse

TAMBÉM QUERIA TE DIZER – cartas masculinas é a compilação de seis cartas extraídas do livro “Tudo o Que eu Queria Te Dizer” de Martha Medeiros. Retratos em primeira pessoa de homens entre 18 e 70 anos.
São seis desabafos. Seis homens falando com humor e sensibilidade de sua mágoas , medos, revoltas, alegrias e tristezas em temas como culpa, traição, preferências sexuais,  abordo, tragédias pessoais, e situações hilariantes e inusitadas.

São seis depoimentos apaixonados e confissões que não puderam ser feitas em viva voz. Seis personagens  que sempre quiseram revelar seus segredos e nunca tiveram coragem. São pedidos de perdão, desejos de vingança, revelações bombásticas e surpreendentes às vezes trágicas, às vezes hilariantes.

Uma peça que fala sobre as relações entre homens e mulheres, pais e filhos, entre amigos, entre irmãos, ente chefes e funcionários, entre artistas e a mídia, entre a fé e a lei, entre saúde e doença, numa encenação delicada, que buscará   desmistificar  o processo de criação do ator, mostrando os sete personagens  sem recursos de maquiagem e troca de figurinos e adereços,  mergulhando verticalmente no trabalho do ator e em todas as possibilidades de atuação e transformação em vários personagens utilizando somente os recursos de corpo e voz.

Uma delicada ode às relações humanas e ao ofício do ator.

Ficha técnica

Autor: Martha Medeiros
Direção: Victor Garcia Peralta
Ator: Emilio Orciollo Netto
Assistente de direção: Leo Paes leme
Trilha sonora: Plínio Profeta
Cenário: Miguel Pinto Guimarães
Figurino: Emilio Orciollo Netto e Victor Garcia Peralta
Iluminação: Maneco Quinderé
Assessoria de Imprensa: Lu Nabuco Assessoria em Comunicação
Produção executiva: Joana D’Aguiar
Produtores associados: Maria Siman e Emilio Orciollo Netto
Direção de produção: Maria Siman
Realização: Orciollo Netto Produções e Primeira Página Produções.

Topo