» Força dos detalhes: Emilio Orciollo Netto investe no processo de construção de seus papéis

Força dos detalhes: Emilio Orciollo Netto investe no processo de construção de seus papéis

Força dos detalhes: Emilio Orciollo Netto investe no processo de construção de seus papéis

Emílio Orciollo Netto é do tipo que mergulha no processo de composição de seus personagens. Com base no texto, o ator sempre busca inspirações e agrega possibilidades aos perfis que interpreta na TV.

Com o inconsequente Murilo, seu personagem na trama Amor à Vida, da Globo, não foi diferente. “O texto já me trouxe muitas informações. Mas, por ser paulistano e ter conhecidos com características semelhantes às do meu personagem, pesquisei gestual e detalhes para viver um playboy de forma verossímil”, explica. A partir dessas referências, Netto decidiu que seu papel usaria muitas camisas pólo, sempre com a gola levantada. “Tenho amigos de todas as tribos e vi que muitos mauricinhos de São Paulo se vestem assim”, diverte-se, sem citar nomes.

Em 17 anos de televisão, o atual folhetim das nove é o 18º trabalho do intérprete no veículo – além de novelas globais, como “Alma Gêmea” e “Araguaia”, ele também trabalhou na Record, em “Marcas da Paixão” e “Roda da Vida”.

Comparando o personagem Príncipe Sandra, vivido por Netto no remake da trama “Gabriela”, com o playboy de “Amor à Vida”, é possível perceber que ele foi do viés dramático para o cômico.

Fora da telinha

Com o objetivo de experimentar, entre uma trama e outra, o ator investe em sua porção de produtor teatral. É assim que ele busca ter autonomia sobre seu trabalho nos palcos. “Com patrocínio ou não, meto a cara em projetos que acredito”, conta ele, que, assim que acabar “Amor à Vida”, volta ao teatro com o monólogo “Também Queria te Dizer”, de Martha Medeiros. “Apesar de ser só eu em cena, não me sinto só. A peça fala do universo masculino e retrata o desabafo de seis homens sobre suas complexidades e feridas”, diz.

Fonte: Super Notícia

Topo