» Emilio Orciollo é chamado de Mirna, nas ruas do Rio

Emilio Orciollo é chamado de Mirna, nas ruas do Rio

O sucesso da novela Alma Gêmea como um todo é incontestável. Em particular, da dupla de irmãos caipiras Crispim (Emílio Orciollo Netto) e Mirna (Fernanda Souza). Sem dúvida, o núcleo dos dois, que inclui ainda o tio Bernardo (Emiliano Queiroz), tem contribuído bastante para a trama de Walcyr Carrasco bater na casa dos 40 pontos. Essa audiência deixa a Rede Globo líder absoluta no horário das 18h e tem se refletido nas ruas. Orciollo ganhou o apelido de Mirna, com sotaque e tudo.

Estou superfeliz com o Crispim. É meu primeiro personagem de total receptividade. Passo nas ruas e as pessoas gritam: Ô Mirna, com o sotaque caipira, como faço na novela. Virou um apelido para mim, mas é claro que muitos perguntam pela Mirna, porque queriam estar esbarrando com a Fernandinha (Fernanda Souza)”,conta o ator.

Emílio Orciollo faz mistério sobre destino dos dois irmãos. Adianta apenas que, com o desenrolar da história, vai ficar claro para o telespectador o motivo de Crispim ter tanto ciúme da irmã Mirna, ao ponto de botar para correr os pretendentes da jovem, que morre de medo de ficar encalhada.

Mas, o ator conta uma das situações pra lá de engraçadas que está reservada, a curto prazo, pelo autor Walcyr Carrasco.

A Doralice vai casar. Vai chegar um pato na novela, para se casar com a pata de estimação da Mirna. E aí é que ela vai ficar mais desesperada ainda e apelar, feito uma maluca, para Santo Antônio”.

Por: Carlos Ramos – O Fuxico

Topo